logotipo ence

Projeto religião

Projeto "A dinâmica da transição religiosa nos municípios brasileiros: 1991-2010"

O Brasil está passando por diversas transições de forma sincrônica: transição urbana, transição demográfica, transição epidemiológica e outras. Dado a heterogeneidade da sociedade brasileira, estas transições ocorrem em ritmos diferentes no tempo e no espaço. Todas estas transições têm início em um ou alguns núcleos inovadores e se difundem pelo restante do país, seguindo determinados padrões históricos, estruturais e institucionais que podem ser identificados pela pesquisa empírica. O objetivo deste projeto é, desde a perspectiva da dinâmica demográfica, compreender o fenômeno da transição religiosa que ocorre no Brasil contemporâneo, a partir da redução do percentual de filiações cristãs no país, da mudança na composição entre católicos e evangélicos e do aumento de outras religiões e das pessoas que se declaram sem-religião. Para entender estes novos padrões, buscaremos conhecer o processo de difusão das filiações evangélicas e o aumento da pluralidade religiosa nos municípios brasileiros entre 1991 e 2010, identificando as características espaciais da transição religiosa e sua relação com indicadores sociais, demográficos, econômicos e culturais dos estados e regiões.  Os dados utilizados serão os microdados dos censos demográficos de 1991, 2000 e 2010, do IBGE. A abordagem da “Inovação/difusão” será um dos referenciais teóricos empregados para a elucidação das mudanças religiosas que acontecem nos municípios brasileiros, uma vez que já foi usada com bastante sucesso na análise do processo de transição da fecundidade (inclusive em nível municipal). O propósito da pesquisa  é compreender a dinâmica das mudanças religiosas e suas relações com as desigualdades sociais e culturais, nas diferentes escalas espaciais. O conhecimento detalhado das tendências demográficas, da difusão das filiações evangélicas e do crescimento da pluralidade religiosa nos diversos grupos socioeconômicos, tanto no espaço, quanto no tempo, é essencial para se prever cenários futuros sobre as mudanças culturais do Brasil e seus efeitos sobre a sociedade e a economia. Como desdobramento, o projeto pretende articular um debate entre os demógrafos e os especialistas em ciências da religião, assim como contribuir para o aperfeiçoamento das perguntas sobre religião nas pesquisas domiciliares do IBGE, visando o conhecimento de uma realidade cada vez mais diversificada e complexa.

Equipe:

José Eustáquio Diniz Alves (Responsável pelo Projeto)          Docente    
Suzana Cavenaghi Docente    
Angelita Alves de Carvalho Docente    
Luiz Felipe Walter Barros Discente doutorado  

 

Financiamento CNPq - Chamada Universal


Publicações vinculadas ao Projeto:

ALVES, J. E. D. ; CAVENAGHI, S. M. ; BARROS, L.F.W ; CARVALHO, A. A. Cambios en el perfil religioso de la población indígena del Brasil entre 1991 y 2010. Notas de Población (Impresa), N. 104. p. 237-261, 2017. Disponível em <http://repositorio.cepal.org/handle/11362/41968>.

ALVES, J. E. D. ; CAVENAGHI, S. M. ; BARROS, L.F.W ; CARVALHO, A. A. . A distribuição espacial da transição religiosa no Brasil. Tempo Social (USP. Impresso), 2017 (aceito para publicação).

ALVES, J. E. D.. A encíclica Laudato Si?: ecologia integral, gênero e ecologia profunda. Horizonte: Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião (Online), v. 13, p. 1315-1344, 2015. Disponível em:<http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/P.2175-5841.2015v13n39p1315/8632>.


Atividades do Projeto:

Seminário: Transformações e tendências no campo religioso no Brasil

Realizado no dia 24 de abril de 2017, Ence, IBGE, de 10:00 às 18:00 hs.

Acesse aqui a programação do Evento e as apresentações

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro