logotipo ence

 

Recomendações.
Tardes Culturais.
v_SEMIC.
Seloge.
Processo Seletivo 2022.
Processo Seletivo 2022.
Livro 20 anos PPG
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
SAS
01/10 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
ungp brazil hub logo md
 
 
ico rbe.fw
 
 

Defesa de Dissertação de Daniele Cristina Dantas

 

ESCOLA NACIONAL DE CIÊNCIAS ESTATÍSTICAS

Pós-Graduação em População, Território e Estatísticas Públicas

Defesa de Dissertação

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a defesa da Dissertação de Mestrado intitulada: “Indicadores para análise da oferta cultural na cidade do Rio de Janeiro: um estudo a partir de dados de registros administrativos da Secretaria Municipal de Cultura do ano de 2013".

Aluna:  Daniele Cristina Dantas
Orientadora: Julia Celia Mercedes Strauch

Data: 13 de agosto de 2015 – quinta-feira
Horário:  14h00m
Local: ENCE - Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 306 – Bairro de Fátima

Resumo da Dissertação: No século XX, os processos de gestão alcançaram eficiência com auxílio da sistematização de dados e disseminação de informações no processo de tomada de decisão. Entretanto, no contexto cultural essa prática no Brasil, na última década, ganhou uma maior percepção a partir da necessidade de criar um Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais formalizada pelo Plano Nacional de Cultura do Ministério da Cultura promulgado em 2010. Nesse sentido, visando contribuir para as políticas culturais esse trabalho desenvolve uma proposta metodológica para a construção de indicadores sobre oferta cultural a partir de dados de registros administrativos, tendo como área de estudo o município do Rio de Janeiro. Trata-se de uma cidade, atualmente a segunda metrópole do país, que apresenta uma infraestrutura para fruição cultural construída no processo histórico, como capital do Brasil até os anos 1950, concentrada nas zonas central e sul do município. Para construção dos indicadores são empregados os dados de equipamentos culturais sob a gestão da Secretaria Municipal da Cultura (SMC-RJ) no ano de 2013 e utilizadas técnicas da estatística exploratória e de geoprocessamento visando compreender a sua distribuição no município. As análises por áreas de planejamento e região administrativas permitiram concluir que existe desequilíbrio na oferta cultural nos equipamentos, verificando-se variações em sua distribuição com concentração no Centro e nas zonas norte e sul da cidade em detrimento da zona oeste. A análise nessas unidades territoriais também possibilitaram identificar que, em função da escala utilizada para a análise em níveis mais desagregados, também existem variações dentro das macro áreas.

Banca examinadora:
Dra. Julia Celia Mercedes Strauch  (Ence/IBGE) – Orientadora
Dra. Sonoe Sugahara Pinheiro (Ence/IBGE)
Dra. Denise Maria Penna Kronemberger (CREN/DGC/IBGE)
Dr. Enrique Jeronimo Saravia (UFRJ)

Coordenação de Pós Graduação
SUZANA CAVENAGHI

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro