logotipo ence

 

Recomendações.
Tardes Culturais.
v_SEMIC.
Seloge.
Processo Seletivo 2022.
Processo Seletivo 2022.
Livro 20 anos PPG
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
SAS
01/10 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
ungp brazil hub logo md
 
 
ico rbe.fw
 
 

Defesa de Dissertação de Lucimar Goulart da Costa Araújo

 Escola Nacional de Ciências Estatísticas

Pós-Graduação em População, Território e Estatísticas Públicas

Defesa de Dissertação

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a defesa da Dissertação de Mestrado intitulada: “O processo de inclusão digital no Brasil: avanços e lacunas”.

Aluna: Lucimar Goulart da Costa Araújo
Orientadora: Angelita Alves de Carvalho
Coorientador: José Eustáquio Diniz Alves

Data: 08 de junho de 2015 – segunda-feira
Horário:  10h00m
Local: Ence - Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 306 – Bairro de Fátima

Resumo da Dissertação: Este trabalho desenvolve um estudo estatístico sobre o binômio inclusão/exclusão digital no Brasil, considerando aspectos sociodemográficos, e apresenta conceitos, estudos sobre inclusão/exclusão digital e sociedade da informação além do contexto internacional e nacional das iniciativas para inclusão digital. Os dados utilizados foram provenientes da PNAD e do Cetic.br referentes ao ano de 2012 sendo ambas as pesquisas realizadas por amostragem probabilística. O estudo foi feito através de dois tipos de análise de regressão: logística e multinomial. Pela primeira análise observou-se o perfil dos usuários da Internet como também daqueles que utilizaram para atividades de comunicação e entretenimento; busca de informação e treinamento; demais atividades; todas as atividades. Como resultado, os modelos mostraram que os níveis de instrução, idade e renda dos indivíduos constituem fatores demasiadamente importantes tanto no perfil dos usuários quanto no uso em cada atividade na Internet.  A análise multinomial foi importante para identificar quais as características da população estão associadas a cada tipo de atividade: usam a Internet somente para comunicação e entretenimento, somente para busca de informação, e treinamento e educação, somente para as demais atividades e para todas as atividades onde se constatou que os indivíduos tendem a usar mais a Internet para todas as atividades do que somente para uma atividade específica. Por fim, a conclusão aponta que se deve levar e consideração as disparidades existentes para formular e adequar políticas de inclusão digital, de modo que alcancem maior potencial de redução da exclusão digital no Brasil.

Banca examinadora:
Dra. Angelita Alves de Carvalho (Ence/IBGE) – Orientadora
Dr. José Eustáquio Diniz Alves (Ence/IBGE) - Coorientador
Dra. Denise Britz do Nascimento Silva (Ence/IBGE)
Dr. Alexandre Fernandes Barbosa (NIC.BR)

Coordenação de Pós Graduação
SUZANA CAVENAGHI

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro