logotipo ence

 

Plano de Trabalho 2024.
EPA24.
ENCEemFOCO_N2.
Catalogo de Projetos 2023
Nota 5 Post para Facebook
SAS
1/6 
start stop bwd fwd

 
 
  

Vídeo Institucional
 
 
 
ungp brazil hub logo md
 
 
 
ico rbe.fw
 
 
 
banner com qrcode completo

Defesa de Dissertação de Mestrado de Adriene dos Santos Duarte

 A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a Defesa de Dissertação de Mestrado intitulada:

“Maraey, o paraíso na terra”: a APA de Maricá (RJ) como pano de fundo para megaempreendimentos turísticos

Aluna: Adriene dos Santos Duarte

Data: 5 de abril de 2024, sexta-feira

Horário: 14h

Local: ENCE - Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 306 (Auditório) – Bairro de Fátima

   

Resumo: Ao longo dos anos, o município de Maricá, que pertence à Região Metropolitana do Rio de Janeiro, vem passando por transformações marcantes, impulsionadas pelas ações e projetos inovadores promovidos pela gestão municipal. O crescimento populacional tem sido impulsionado por essas ações, o que tem tornado Maricá um destino cada vez mais atraente para investimentos e desenvolvimento imobiliário. Refletir sobre a produção do espaço urbano é compreender a cidade como resultado das dinâmicas de uma sociedade imersa na lógica do modo de produção. No contexto da urbanização, áreas naturais podem ser afetadas, e Maricá, classificada como prioritária em termos de Conservação Ambiental, enfrenta pressões imobiliárias significativas. Essas pressões são exemplificadas pelo projeto Maraey, um empreendimento turístico-residencial, conduzido pela empresa IDB Brasil, na Área de Proteção Ambiental de Maricá. Maraey tem se destacado pelo seu compromisso com os três pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental; tornando-se um tema central na discussão sobre à transformação urbana e à apropriação da natureza. A produção do espaço em Maricá revela uma contradição no que diz respeito à apropriação da natureza. Isso se deve ao fato de que, ao mesmo tempo, a Área de Proteção Ambiental de Maricá necessita de proteção, mas enfrenta pressões imobiliárias, utilizando-a como pano de fundo para valorizar o empreendimento Maraey e promover um paraíso na terra. A relação entre o mercado imobiliário e a apropriação da natureza é, de certa forma, econômica. Isso está ligado ao modo como os empreendimentos imobiliários percebem, incorporam e exploram a natureza. A inserção da natureza no circuito do capital ocorre de diferentes maneiras: 1) como imagem, paisagem ou símbolo; 2) como substrato físico que abriga e sustenta o empreendimento. O Maraey exemplifica essa dinâmica, criando um espaço concebido que se valoriza mesmo antes da sua materialização física. 

Palavras-chave: Maricá. Área de Proteção de Maricá. Projeto Maraey. Apropriação da natureza. Produção do espaço.

Banca examinadora: 

Dr. Romay Conde Garcia (ENCE/IBGE) - Orientador
Dr. Cesar Augusto Marques da Silva (ENCE/IBGE)
Dra. Carolina Hartmann Galeazzi (UFRJ)

 

Coordenação de Pós-Graduação

Angelita Alves de Carvalho

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro