logotipo ence

 

Processo Seletivo 2022.
Evento.
Dia do Estatístico.
Recomendações.
Seloge.
Processo Seletivo 2022.
Livro 20 anos PPG
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
SAS
01/10 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
ungp brazil hub logo md
 
 
ico rbe.fw
 
 

Defesa de Monografia da Especialização de Lucas Martins de Souza

Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território

Apresentação de Monografia

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a apresentação da monografia final do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território intitulada: Análise espaço-temporal dos focos de calor no estado do Pará no ano de 2017.

 

Aluno: Lucas Martins de Souza

Data: 22 de Fevereiro de 2022 – Terça-feira

Horário: 10h00m

Local: Por Videoconferência 

 

Resumo: A região amazônica se destaca por conta de sua relevância ambiental tanto em escala nacional como global, por isso é fundamental que haja um monitoramento recorrente e detalhado dessa extensa área vegetada, acompanhado de vontade política para que seja possível não apenas detectar possíveis ameaças ao bioma, mas, sobretudo, para que o poder público possa mover esforços e atuar de forma mais efetiva. Contudo, em 2020, foi justamente nos estados da Amazônia Legal em que a maioria dos focos de calor do país foi identificada, especialmente no estado do Pará, que, inclusive, é também a unidade federativa com maior taxa de desmatamento acumulada desde 1988, chegando a cerca de 160 mil km². Os focos de calor surgem como uma preocupação na região, principalmente nos períodos em que a atividade convectiva é menor. E diante dessa realidade vista no território paraense, com intuito de compreender melhor a distribuição dos focos de calor no estado, é efetuada uma análise espaço-temporal dos focos de calor no Pará no ano de 2017, ano com maior número de ocorrências no período de 2017 a 2020. Esta análise abarcou os seguintes objetivos específicos: i) analisar a distribuição mensal dos focos de calor de 2017 a 2020; ii) realizar a análise espaçotemporal dos focos de calor do Pará em 2017; iii) identificar padrões de distribuição das ocorrências através da produção e análise de mapas de densidade kernel; iv) analisar a sobreposição dos focos de calor em relação às diferentes categorias presentes na base de malha fundiária utilizada. Para tais análises foram utilizados os registros de focos de calor disponibilizados no portal BDQueimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e a malha fundiária do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora). Como resultado observou-se que há um período do ano preferencial nas ocorrências analisadas e que essa distribuição dos focos ocorre de maneira mais concentrada em determinados municípios paraenses. Através da sobreposição das diferentes camadas de informação observou-se que os focos de calor ocorreram com maior ou menor proporção de acordo com a dinâmica territorial. As terras privadas foram mais afetadas por focos de calor no total, porém as terras públicas, como áreas de florestas protegidas e terras indígenas, foram consideravelmente atingidas. Por sua vez, o mapeamento de densidade de kernel das ocorrências possibilitou identificar padrões de agregação das ocorrências no território ao longo dos meses, ferramenta que facilita a visualização e análise dos focos, também dando um importante insumo à leitura da dinâmica do evento na área estudada. Os resultados encontrados também servem como importante insumo para a tomada de ações por parte do poder público para que se possa atuar e lidar com o problema de forma mais efetiva no território.

Palavras-chave: focos de queimada, Amazônia, análise espacial de dados geográficos, geoprocessamento, densidade kernel.

Banca examinadora:

Dra. Júlia Célia Mercedes Strauch (ENCE/IBGE) – Orientadora

Dr. Marcus Vinícius Alves de Carvalho (UFF) – Coorientador

Dr. José Antônio Sena do Nascimento (CETEM)

Dra. Elizabeth Maria Feitosa da Rocha de Souza (UFRJ)

Gerência do Lato Sensu

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro