logotipo ence

 

Dia do Estatístico.
Recomendações.
Tardes Culturais.
Seloge.
Processo Seletivo 2022.
Processo Seletivo 2022.
Livro 20 anos PPG
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
SAS
01/10 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
ungp brazil hub logo md
 
 
ico rbe.fw
 
 

Defesa de Monografia da Especialização de Adriene dos Santos Duarte

Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território

Apresentação de Monografia

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a apresentação da monografia final do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território intitulada: Os mapas como representações do espaço: Um olhar sobre o apagamento da escravidão na pequena África por meio da cartografia histórica.

 

Aluna: Adriene dos Santos Duarte

Data: 15 de Dezembro de 2021 – Quarta-feira

Horário: 10h30m

 

Resumo: O território não só se define, mas também se compreende através dos diversos processos históricos e socioespaciais que o produzem no decorrer do tempo, sendo alterado pelas relações ocorridas no espaço e reconhecido através de ferramentas de comunicação. O passado da humanidade e sua evolução tem relação estreita com a confecção de mapas, transformando-os em um importante instrumento de representação do espaço geográfico, revelando a historicidade, proporcionando diversidade de interpretações e leituras acerca das formas de organização e da dinâmica que envolvem tais transformações. Com isso, os mapas surgem como ferramentas fundamentais para representar o que existe no espaço, com o intuito de apresentar ao leitor, através de representações cartográficas, a complexidade das relações de poder, ocupações, usos resultantes da interação de uma sociedade com o espaço. Na linguagem cartográfica, alguns ambientes considerados indesejáveis pelas classes dominantes são omitidos da representação dos territórios mesmo que ainda continuem existindo materialmente. A Zona Portuária do Rio de Janeiro é uma região importante historicamente para a cidade, tendo em vista que a escravidão sempre esteve atrelada a região passando por diversas transformações ao longo dos séculos. Partindo da premissa que as produções cartográficas manifestam intencionalidades e que alguns ambientes sejam silenciados da representação dos territórios, a problemática da monografia gira em torno da compreensão de como os mapas históricos do Rio de Janeiro tiveram as representações relacionadas ao cais do Valongo e seu entorno silenciadas, mesmo coexistindo com o tecido urbano. O objetivo geral da pesquisa é evidenciar as modificações e a provável tentativa de apagamento da memória africana na região sob a perspectiva da cartografia histórica, sendo esses mapas janelas para a observação das contradições do passado. Para o alcance do objetivo, serão considerados os seguintes objetivos específicos: realizar uma revisão teórico-conceitual, permitindo a reflexão sobre o conceito de território, com enfoque nas relações de poder historicamente materializadas/representadas no espaço. Para o alcance do objetivo geral, serão considerados os seguintes objetivos específicos: a) realizar uma revisão teórico-conceitual, permitindo a reflexão sobre o conceito de território, com enfoque nas relações de poder historicamente materializadas/representadas no espaço; (b) resgatar as mudanças ocorridas na região do Cais do Valongo e seu entorno, através da revisão de literatura, do ponto de vista de diversos autores e a sua identificação nos mapas históricos; c) reconstruir a história das representações da região através do georreferenciamento de mapas/cartas históricos; d) analisar a dinâmica e evolução espacial em uma escala espaço-temporal utilizandose do ambiente SIG para produção de novas representações históricas, isto é, novos mapas desocultando o que antes estava oculto. Os resultados finais permitiram de forma expressiva constatar que houve uma tendência ao silenciamento dos lugares relacionados à escravidão.

Palavra-chave: Território; Representações; Relações de poder; Cais do Valongo; Georreferenciamento;

Banca examinadora:

Dra. Letícia de Carvalho Giannella (ENCE/IBGE) - Orientadora

M. Sc. Renato da Silva Lopes (FIOCRUZ) - Coorientador

Dr. Romay Conde Garcia (DGC/IBGE)

Dr. João Carlos Carvalhaes dos Santos Monteiro (UFF/UERJ)

Gerência do Lato Sensu

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro