logotipo ence

 

Tardes Culturais.
v_SEMIC.
Seloge.
Processo Seletivo 2022.
Processo Seletivo 2022.
Livro 20 anos PPG
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
SAS
1/9 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
LogoHub
 
 
ico rbe.fw
 
 

Defesa de Monografia a Especialização de Clarissa de Souza Vicente

Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território

Apresentação de Monografia

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a apresentação da monografia final do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território intitulada: "As contas econômicas ambientais de energia e a mensuração dos impactos ambientais da matriz energética no Brasil".

Aluna: Clarissa de Souza Vicente

Data: 26 de Abril de 2021 – Segunda-feira

Horário: 14h00m

Resumo: Desde a Revolução Industrial, a competitividade econômica entre os países e a qualidade de vida de seus cidadãos ficaram fortemente dependentes do uso de fontes de energia. Atualmente, as crescentes preocupações com o meio ambiente, energia e economia global vêm fazendo com que a sociedade busque recursos energéticos de baixo impacto ambiental para garantir seu desenvolvimento econômico e que atenda a demanda das necessidades básicas da população. Comparativamente aos outros países do mundo, o Brasil se destaca por possuir uma matriz energética majoritariamente renovável e por isso tem uma oportunidade ímpar de se firmar como protagonista global do setor de energia. Nesse sentido, este trabalho visa analisar, de forma sucinta, a matriz energética brasileira sob a ótica ambiental, isto é, identificar e quantificar a participação das fontes renováveis (hidrelétricas, energia solar, energia eólica e biomassa) e não renováveis (carvão mineral, petróleo e derivados gás natural e energia nuclear), os impactos socioambientais associados a cada fonte de energia e a relevância das Contas Econômicas Ambientais (CEA) na mensuração e qualificação desses impactos. As CEA baseiam-se na metodologia do System of Environmental Economic Accounting (SEEA) e contam com um caderno específico associado ao uso dos recursos energéticos, chamado de SEEA-Energy. O SEEAEnergy possibilita integrar os fluxos físicos de uso dos recursos energéticos na contabilidade monetária e física do sistema de contas nacionais, o que auxilia na construção de indicadores econômicos e ambientais para a tomada de decisão pública e privada em prol do desenvolvimento sustentável. Neste trabalho foram abordados aspectos específicos das Contas Econômicas Ambientais da Energia (CEA-E), que, embora ainda estejam em desenvolvimento no Brasil, já foram aplicadas por diversas nações. Nesta monografia foram expostos alguns exemplos de aplicação da metodologia das CEAE em países que já utilizam essa ferramenta e seus respectivos resultados. E por último, foram apresentados alguns importantes indicadores ambientais no âmbito do setor energético tais como as emissões de gases de efeito estufa, mudança de uso da terra para a produção de biocombustíveis e uso da água para a produção de energia elétrica e biocombustíveis, além da interface entre os recursos energéticos e hídricos.

Palavras-chave: Contabilidade ambiental, matriz energética brasileira, sustentabilidade e impactos ambientais.

Banca examinadora:

Dr. José Antonio Sena do Nascimento (CETEM) - Orientador

M. Sc. João Bosco de Azevedo (ENCE/IBGE)

M. Sc. Romeu Ferreira Emygdio (DGC/IBGE)

M. Sc. Bruna Stein Ciasca (CONSULTORA INDEPENDENTE)

Gerência do Lato Sensu

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro