logotipo ence

Linhas de Pesquisa

Os temas propostos pelos alunos para as monografias serão apreciados pelo corpo docente e distribuídos, de acordo com a natureza do conteúdo, em cinco linhas de pesquisa listadas a seguir:
  • Gestão Ambiental
  • Ocupação e Organização do Território
  • Desenvolvimento Sustentável
  • Educação Ambiental
  • Meio Ambiente e Qualidade de Vida

Temas sugeridos

• Consolidação e Avaliação de conceitos e metodologias de zoneamentos ambientais, tomando por referência a última década. Neste tema a pesquisa não deve estar limitada ao caso do Estado do Rio de Janeiro, a abordagem precisa considerar o atual estágio das metodologias de ordenamento e zoneamento no caso brasileiro;

• Análise comentada da Legislação Ambiental, contextualizando o Estado do Rio de Janeiro, ou outra Unidade da Federação, e sua inserção no cenário nacional; análise comentada de outros recortes territoriais desde que selecionados a partir de critérios consistentes;

• Avaliação de políticas e projetos ambientais. Neste caso, pode-se selecionar dentre outros, projetos como o da despoluição da Baía de Guanabara, avaliar seus reflexos quer para o Estado como um todo, quer para um Município específico. Pode-se ainda tratar unidades de conservação avaliando seu papel como instrumento de gestão/controle ambiental;

• O processo de ocupação e o comprometimento ambiental, utilizando uma abordagem histórica retratando a dimensão sócio-ambiental de um dos recortes territoriais selecionado;

• Meio Ambiente e qualidade de vida, avaliando a relação qualidade ambiental e condições de vida da população tomando um ou mais dos seguintes eixos: disponibilidade de áreas verdes; causas de doenças e morbidade; saneamento básico; tratamento do lixo urbano; poluição industrial; favelização; catástrofes naturais; produção agrícola e uso de agrotóxicos; a questão energética; cidades saudáveis e sustentáveis; Indicadores Ambientais;

• Recursos Naturais: disponibilidade e escassez, adotando e justificando a escolha de um recorte territorial, tratar um dos seguintes eixos:

  • disponibilidade e uso da água;
  • crescimento econômico e desmatamento;
  • estoques de recursos florestais e minerais;
  • manejo e conservação;

• Educação formal, avaliação dos currículos e novas propostas de incorporação da questão ambiental nos programas de ensino;

• Trabalhos comunitários, elaborar estudo de caso com base em experiências comunitárias de educação ambiental;

• Avaliação de projetos, de Organizações não Governamentais, voltados para mobilização comunitária na defesa do meio ambiente.

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro