logotipo ence
 
 sinape2018
 
 ser

CPA

Sobre a Comissão Própria de Avaliação

A lei 10.861/2004 instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e estabeleceu que cada instituição de educação superior, pública ou privada, deveria constituir uma Comissão Própria de Avaliação (CPA). Ainda de acordo com o dispositivo legal, na avaliação das instituições de educação superior seriam utilizados “procedimentos e instrumentos diversificados, dentre os quais a auto-avaliação e a avaliação externa in loco”.

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) deve cumprir um duplo papel nesse sistema: internamente, conduz os processos de auto-avaliação a fim de identificar os pontos fortes e as fragilidades da instituição em seus diversos segmentos, planejando e propondo ações que possam contribuir para o seu fortalecimento; externamente, suas ações de avaliação, consolidadas no Relatório de Auto-avaliação que deve ser elaborado e enviado ao Ministério da Educação anualmente, compõem um dos elementos indispensáveis para a avaliação institucional estabelecida pelo Sinaes. Em ambos os sentidos, suas ações se relacionam com a melhoria da qualidade da educação superior e com o fortalecimento da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (Ence).

Atividades

A CPA realiza reuniões periodicamente a fim de estabelecer diretrizes para suas atividades e discutir o Instrumento de Avaliação Institucional Externa; suas ações no processo de auto-avaliação devem contemplar os eixos apresentados neste Instrumento, que abarcam as dez dimensões da avaliação institucional conforme previsto no Sinaes, bem como o Plano de Desenvolvimento Institucional e o Planejamento Estratégico da instituição.

A fim de possibilitar o autoconhecimento e o aprimoramento institucional, a CPA elabora estratégias para o levantamento dos dados que subsidiarão suas análises e previsões de ação considerando todos os atores da instituição e as atividades acadêmicas envolvidas. O autoconhecimento institucional, a partir das informações coletadas, e as propostas de ação elaboras pela CPA devem reunir todos os atores em torno de um objetivo comum: a melhoria da qualidade da instituição.

 

Relatórios

icopdf Relatório CPA 2017 (Ciclo Avaliativo 2015-2017)

icopdf Relatório CPA 2016

icopdf Relatório CPA 2015

icopdf Relatório CPA 2014-2015

icopdf Relatório CPA 2013-2014

icopdf Relatório CPA 2011-2012

Informações sobre a CPA

icopdf Informações sobre a CPA

Pós-Doutorado

O programa de Pós-Doutorado da ENCE é destinado a pesquisadores portadores do título de doutor e consiste na realização de um projeto envolvendo atividades de pesquisa na área de População, Território e Estatísticas Públicas. As atividades poderão também ser combinadas com atividades de ensino e extensão.

Acesse o regulamento completo do programa clicando aqui.icopdf

Duração mínima: 3 meses.

Duração máxima: 4 anos.

Ingresso no programa: Para ingressar no programa, o(a) proponente deve encaminhar solicitação à Coordenação de Pós-Graduação (por e-mail - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  e  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  ou presencialmente, na Gerência de Registro e Controle da ENCE) contendo a documentação abaixo.

Maiores detalhes podem ser encontrados no regulamento do programa de pós-doutorado.

I - Formulário de inscrição;

II - Curriculum Vitae atualizado, no padrão da Plataforma Lattes (CNPq);

III - Projeto de pesquisa;

IV – Plano de atividades e indicação das publicações esperadas;

IV - Cópia da Cédula de Identidade, para brasileiros, ou documento de identificação correspondente, para estrangeiros;

V - Cópia do CPF, para brasileiros;

VI - Cópia do diploma de Doutor ou prova de titulação equivalente;

Formas de ingresso:

I - Fluxo contínuo (o tempo médido para apreciação das propostas é de 2 a 3 meses).

II - Processos seletivos específicos (que terão normas publicadas em editais próprios).

 

Em caso de dúvida ou para maiores informações, utilize os meios de contato abaixo:

Telefone: (21) 2142-4691 ou 2142-4696
e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Objetivos

  • Formar, aperfeiçoar e especializar profissionais liberais na área da Estatística. Capacitar e treinar profissionais nos diversos campos de atividades relacionados com as áreas de competência da Fundação IBGE;
  •  Promover a pesquisa nos campos do conhecimento relacionados com a área da Estatística e áreas correlatas;
  •  Atender às demandas do mercado de trabalho local, regional e nacional;
  •  Cumprir os planos de trabalho que lhe forem atribuídos pela Fundação IBGE;
  •  Prestar serviços à comunidade, sob a forma de pesquisas, estudos, cursos e divulgação de conhecimentos e técnicas;
  • Colaborar com organismos nacionais e internacionais especializados, tanto os de ensino quanto os de natureza técnico-profissional, objetivando elevar os padrões de ensino e/ou de atendimento no setor.



Para alcançar seus objetivos, a Escola pode, observadas as normas da Fundação IBGE:

  • Realizar convênios com quaisquer instituições, nacionais ou internacionais;
  • Organizar congressos e reuniões de qualquer natureza que objetivem o exame e a discussão de temas vinculados ao ensino da Estatística ou atinentes à evolução desse campo do saber;
  • Editar publicações especializadas ou colaborar com as da Fundação IBGE;
  • Promover intercâmbios com instituições congêneres, nacionais e internacionais.

A ENCE - Apresentação

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas - ENCE é uma Instituição Federal de Ensino Superior que faz parte do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Foi fundada em 06 de março de 1953. A Escola promove atividades de pesquisa e, além de responsável pelas atividades de capacitação e treinamento de servidores do IBGE, atua em três níveis de ensino, oferecendo também cursos avulsos de atualização e extensão.

Entre seus programas de trabalho destacam-se:


As atividades de pesquisa e ensino da ENCE estão a cargo de Mestres e Doutores que compõem o seu corpo docente. Além da orientação normalmente recebida, os alunos também podem receber orientação especial dos docentes através das modalidades de monitoria oferecidas na Escola. A ENCE conta ainda com a singular vinculação ao IBGE, que lhe propicia acesso aos dados e informações levantados pelo Instituto, e o intercâmbio freqüente com os profissionais envolvidos no levantamento desses dados e informações, que nela atuam como docentes e instrutores, colaborando para uma formação teórica sólida mas ancorada na boa prática profissional.

Visão do Futuro

Assumir lugar de destaque:

  • No cenário local e regional, com um olhar detalhado sobre o Rio de Janeiro, enriquecido por uma visão de conjunto do Brasil que faz parte da vocação do IBGE;

 

  • No cenário nacional, por conhecer e entender o Brasil com um olhar rigoroso, abrangente e interdisciplinar, que saiba situar nosso país no mundo em que vivemos;

 

  • E no cenário internacional, como centro de promoção e avanço do conhecimento na geração, análise e interpretação de informações e estatísticas públicas, e no uso destas para iluminar os caminhos da formulação de políticas públicas indutoras do desenvolvimento, da promoção do bem-estar social, e da redução das desigualdades.
Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro