logotipo ence

 

Pesquisa com Egressos
Seminario.
Seloge.
processo_seletivo.
SAS
Horario
1/6 
start stop bwd fwd

 
 
 Cartaz20AnosPPG Ence
 PROGRAMACAOsemic

Defesa de Dissertação de Leonardo Borges Lopes de Souza

 

ESCOLA NACIONAL DE CIÊNCIAS ESTATÍSTICAS
Pós-Graduação em População, Território e Estatísticas Públicas
Defesa de Dissertação

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a defesa da Dissertação de Mestrado intitulada: “Um olhar sobre a sustentabilidade urbana e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ)”.

Aluno: Leonardo Borges Lopes de Souza
Data: 31 de agosto de 2018 – Sexta-Feira
Horário: 10h00m
Local: Ence – Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 204 – Bairro de Fátima

Resumo da Dissertação: A segunda metade do século XX teve, como uma de suas marcas, não só a emergência e o reconhecimento da crise ambiental, mas também a própria institucionalização de instâncias de governança. Paralelamente, o crescimento da população vivendo em áreas urbanas e a polarização do urbano no sistema produtivo fez com que esse também se firmasse como um dos temas chave nos fóruns mundiais sobre população, desenvolvimento e ambiente. Nesse sentido, o presente trabalho visa discutir a noção de sustentabilidade urbana nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), identificando e comparando possibilidades e restrições dos indicadores criados para seu monitoramento. De forma específica, a discussão é feita para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ). Assume-se que o conceito da sustentabilidade, central a esse debate, é apresentado como um conceito ainda em construção, com diferentes percepções e contradições e, sempre em constante disputa a depender dos atores sociais envolvidos. Este estudo se concentrou em analisar criticamente as metas e indicadores do ODS 11 – “Cidades e Comunidades Sustentáveis”, que é transversal a grande maioria dos ODS e concatena desenvolvimento urbano e melhores condições de vida para a população. O trabalho indica que em um território metropolitano fragmentado são intensificadas as complexidades de questões envolvidas no ODS, da mesma forma que se acentuam as desigualdades e a segregação socioeconômica. No que tange as metas e indicadores, a aderência à região limitada neste trabalho ocorre de modo tênue e limitado. Prospectivamente, há vários elementos que indicam que são raras as metas que podem ser, de fato, cumpridas. Por fim, percebe-se que os indicadores carecem de produção de dados de forma contínua para o acompanhamento temporal segundo os esforços empreendidos nos ODS.

Banca examinadora:
Dr. César Augusto Marques da Silva (Ence/IBGE) – Orientador
Dr. Fabio Giusti Azevedo de Britto (Ence/IBGE)
Dra. Antenora Maria da Mata Siqueira (UFF)

Coordenação de Pós-Graduação
CÉSAR MARQUES

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro