logotipo ence

 

Concurso ENCE Copa 2018
Seminario
Seloge.
processo_seletivo.
SAS
Horario
Ence 60 anos
1/7 
start stop bwd fwd

 
 sinape2018
 
 ser

Defesa de Dissertação de Cauan Braga da Silva Cardoso

 ESCOLA NACIONAL DE CIÊNCIAS ESTATÍSTICAS

Pós-Graduação em População, Território e Estatísticas Públicas

Defesa de Dissertação

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a defesa da Dissertação de Mestrado intitulada: “Juventude e Direito à Cidade: mobilizações estudantis nas Instituições de Ensino Superior na Região Metropolitana do Rio de Janeiro em 2016”.

Aluno: Cauan Braga da Silva Cardoso
Data: 2 de março de 2018 – Sexta-Feira
Horário: 10h00m
Local: Ence - Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 306 – Bairro de Fátima

Resumo da Dissertação: A questão central deste trabalho é se as ocupações das Instituições de Ensino Superior (IES), no ano de 2016, podem ser consideradas como uma nova forma de mobilização social da juventude que aponta para a superação de dominações de diversas ordens, tendo como horizonte o direito à cidade. A partir dessa questão central, esta pesquisa concentra-se no estudo de caso das IES da Região Metropolitana do Rio de Janeiro: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, da Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Os dados foram obtidos do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) e das entrevistas realizadas com os estudantes que protagonizaram as ocupações dessas instituições. Essas ocupações reivindicavam, principalmente, a não aprovação da PEC 55/2016 (“PEC do Teto dos Gastos Públicos”), que institui o congelamento dos gastos públicos por 20 anos. Também manifestavam apoio às ocupações dos estudantes secundaristas, ocorridas em 2015 e 2016. O perfil socioeconômico dos estudantes entrevistados, comparado àquele obtido pelo ENADE em 2015, divergiam, principalmente, nos quesitos raça/etnia, rendimento familiar, recebimento de auxílio permanência da IES, recebimento de bolsa acadêmica da IES e forma de ingresso no curso de graduação, o que indica que os estudantes entrevistados seriam diretamente afetados com o novo regime fiscal instituído pela PEC 55/2016. Esse novo regime é parte do conjunto de medidas neoliberais defendida pelo governo Temer, entre as quais está a privatização da educação pública total ou parcialmente. Através das ocupações, os estudantes experimentaram um espaço horizontal, democrático e inovador. Horizontal, pois os estudantes subverteram a ordem natural da educação institucionalizada e praticaram um novo modelo de educação, fora do ethos capitalista. Democrático, não só pela realização de assembleias desde a decisão para ocupar até o fim da ocupação, como também na divisão de tarefas e incentivo à participação de todos os estudantes em todos os aspectos da ocupação. Inovador, pela reinvenção dos espaços absoluto e material, relativo e vivido, relacional e conceitualizado. Enfim, espaços que reivindicaram seu direito à cidade.

Banca examinadora:
Dra. Letícia de Carvalho Giannella (IBGE/Ence/CPG) - Orientadora
Dra. Sonoe Sugahara Pinheiro (IBGE/Ence/CPG) - Coorientadora
Dr. Miguel Antônio Pinho Bruno (IBGE/Ence/CPG)
Dr. Márcio Piñon de Oliveira (UFF)

Coordenação de Pós-Graduação
CÉSAR MARQUES

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro