logotipo ence

 

Segundo semestre de 2020.
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
Horário
Seloge.
processo_seletivo.
SAS
1/7 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
 
 
ico rbe.fw
 
 

Defesa de Dissertação de Rachel Pereira Rabelo

 

Escola Nacional de Ciências Estatísticas

Pós-Graduação em População, Território e Estatísticas Públicas

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a defesa da Dissertação de Mestrado intitulada: “Projeção da oferta de professores de biologia, matemática, física e química para a educação básica no Brasil até 2028”.

 Aluna: Rachel Pereira Rabelo
Orientadora: Suzana Marta Cavenaghi
Coorientador: Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto

Data: 26 de março de 2015 – quinta-feira
Horário: 14h00m
Local: Ence - Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 306 – Bairro de Fátima

Resumo: As projeções populacionais tem se revelado como importante instrumento de planejamento e avaliação da política pública. Este trabalho propõe uma discussão acerca da oferta de professores para a educação básica nas disciplinas biologia, matemática, física e química, a partir da aplicação de métodos demográficos de projeção de mão de obra especializada para estimar a oferta destes profissionais até o ano 2028. A disponibilidade de dados individualizados de alunos, a partir de 2009 no Censo da Educação Superior, e de docentes, a partir de 2007 no Censo da Educação Básica permitiu o aprimoramento do modelo de projeção adotado, a partir da realização de estudos longitudinais sobre a trajetória escolar de alunos e a trajetória profissional de docentes. Os estudos sobre estoque de docentes e das componentes de entrada e saída do mercado de trabalho subsidiaram a formulação das hipóteses que compõe os cenários de projeção. Os exercícios de projeções realizados nesta dissertação procuram refletir sobre a atuação das políticas públicas de formação de professor, apontando caminhos para o efetivo aumento da oferta de novos profissionais para o mercado de trabalho segundo análise dos cenários e indicadores estudados. A escolha de alguns cenários de projeções permitiram identificar os cursos de física e de matemática como aqueles que possuem maior dificuldade para aumento da disponibilidade futura de docentes em comparação com os cursos de biologia e química. Além disso, os resultados de uma melhoria nas taxas de conclusão também se mostraram mais promissores do que aumentos na mesma proporção do número de ingressos, especialmente para o curso de física que apresenta maior deficiência de oferta de profissionais para o mercado de trabalho.

Banca examinadora:
Dra. Suzana Marta Cavenaghi (Ence/IBGE) – Orientadora
Dr. Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto (UFMG) - Coorientador
Dra. Denise Britz do Nascimento Silva (Ence/IBGE)
Dr. José Irineu Rangel Rigotti (UFMG)

Coordenação de Pós Graduação
SUZANA CAVENAGHI

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro