logotipo ence

 

Segundo semestre de 2020.
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
Horário
Seloge.
processo_seletivo.
SAS
1/7 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
 
 
ico rbe.fw
 
 

Seminário Ence: O campo de população e ambiente e os desastres em cidades: os casos de Santos-SP e do Estado do Rio de Janeiro

 

Escola Nacional de Ciências Estatísticas

Seminário Ence

A Ence tem o prazer de convidar para a palestra:

O campo de população e ambiente e os desastres em cidades: os casos de Santos-SP e do Estado do Rio de Janeiro

Palestrante
Cesar Augusto Marques da Silva
Escola Nacional de Ciências Estatísticas (Ence)

Dia: 04/08/2014 – segunda-feira
Horário: 16h00-18h00
Local: Ence – Rua André Cavalcanti, 106 - sala 306 – Bairro de Fátima

Resumo:
A área conhecida como população e ambiente passou por grandes avanços ao longo das últimas décadas. Desde a década de 1980 o campo foi estruturado, desenvolvido e encontra-se hoje em fase de relativa consolidação, tanto nacional, como internacionalmente. Nesse seminário serão expostos os principais marcos do desenvolvimento temático da área, a partir do qual se discutirá uma das suas questões específicas de trabalho: a questão dos riscos e desastres. Para tal serão apresentados os resultados da pesquisa “Em busca da resiliência? Urbanização, ambiente e riscos em Santos – SP”, realizada entre 2012 e 2014, e o projeto de pesquisa “Os impactos demográficos e as respostas aos desastres no Rio de Janeiro”. A primeira pesquisa teve como objetivo explorar as questões demográficas e de políticas públicas urbanas que afetam as respostas a riscos ambientais e aos chamados “desastres invisíveis” na cidade de Santos. Para esse caso se discutiu a questão da composição demográfica dos lugares e o histórico de políticas públicas, principalmente de habitação. Foram feitas entrevistas qualitativas com moradores de áreas consideradas estratégicas para a promoção da resiliência e gestores da esfera municipal. Como desdobramento desse trabalho foi formulado o projeto de pesquisa aqui mencionado, que buscará investigar os impactos demográficos e sociais de desastres no Estado do Rio de Janeiro. O projeto é baseado em uma compreensão sociológica sobre os desastres, na qual esse é visto como um fenômeno que ocorre na interação entre um evento-perigo que atinge áreas em condições de vulnerabilidade social e ambiental e gera impactos. Do ponto de vista demográfico, o deslocamento de populações e a mortalidade são os principais impactos. Para a realização dessa pesquisa, serão utilizadas duas escalas. Na escala estadual iremos analisar a composição sociodemográfica e ambiental dos municípios do Estado do Rio de Janeiro, criando um mapeamento sobre as principais características que servirão de fundo para a ocorrência dos desastres. Na escala local faremos estudos do tipo forense, analisando os impactos demográficos e as respostas dadas pela sociedade em relação aos dois desastres específicos aqui mencionados: do Morro do Bumba e da Região Serrana. Tal análise será focada na dinâmica da mobilidade e morbimortalidade gerada por tais desastres, com ênfase nos aspectos de realocação de moradias, deslocamentos forçados, emigração em função do desastre, impactos na saúde e mortalidade. Espera-se que o projeto apresente resultados que avancem na conceituação do desastre e nos seus desdobramentos no plano da mobilidade e saúde.

A participação é aberta e contamos com a participação de todos os professores e alunos da pós-graduação, da especialização e da graduação, assim como de todos os funcionários do IBGE.

Informações:
Tel.: 2142-4696 - 2142-4691
e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Em, 25/07/2014
Coordenações da Graduação e da Pós-Graduação

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro