logotipo ence

 

Seloge.
Pesquisa com Egressos
Seminario.
processo_seletivo.
SAS
Horario
1/6 
start stop bwd fwd

 
 
 Cartaz20AnosPPG Ence
 

Defesa de Dissertação de Roberta Novaes de Oliveira Tomas

 ESCOLA NACIONAL DE CIÊNCIAS ESTATÍSTICAS

Pós-Graduação em População, Território e Estatísticas Públicas

Defesa de Dissertação

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a defesa da Dissertação de Mestrado intitulada: “O valor agregado das escolas municipais da Cidade do Rio de Janeiro sobre a aprendizagem dos alunos matriculados em 2015 no 7º ano”.

Aluna: Roberta Novaes de Oliveira Tomas
Data: 26 de abril de 2019 – Sexta-Feira
Horário: 14h30m
Local: Ence - Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 306 – Bairro de Fátima

Resumo da Dissertação: Após a expansão e a consolidação dos sistemas de avaliações padronizados ao redor do mundo, observou-se o crescimento das políticas de responsabilização escolar. No Brasil, tais políticas foram implementadas, na sua forma mais branda, a partir de 2006, quando o Governo Federal passou a divulgar os resultados da Prova Brasil e do Enem por escola. A utilização dos resultados brutos das avaliações externas é a principal crítica das políticas de responsabilização implementadas no Brasil, uma vez que tais resultados não captam de forma adequada a verdadeira contribuição da escola para a aprendizagem de seus alunos, para isso, seria necessário levar em consideração o valor agregado da mesma. No entanto, encontrar o valor agregado das escolas envolve a utilização de avaliações com desenho longitudinal, o que no caso brasileiro representa uma limitação, pois as avaliações nacionais e grande parte das regionais possuem um desenho transversal. Sendo assim, essa dissertação tem o objetivo geral de contribuir com argumentos e evidências empíricas, para o debate em torno da necessidade da mudança do desenho das avaliações externas brasileiras, de transversal para longitudinal e de métodos adequados para mensurar a contribuição da escola na aprendizagem de seus alunos. E o objetivo específico de mensurar o valor agregado das escolas municipais da Cidade do Rio de Janeiro sobre a aprendizagem dos alunos matriculados em 2015 no 7º ano. Para tanto serão utilizados: (i) modelo de valor agregado - modelo hierárquico de dois níveis, sendo aluno no nível 1 e escolas no nível 2; (ii) dados da SME-Rio, a Prova Rio 2014 e 2015 e o Sistema de Gestão Acadêmica; e (iii) dados do INEP, Censo Escolar e Indicadores Educacionais. O resultado relevante desse estudo foi demonstrar como algumas escolas, ao utilizar dados longitudinais e aplicar a técnica dos modelos de valor agregado mudam de posição no ranking. Apresentando assim evidências empíricas da existência de diferenças expressivas entre os rankings de escolas construídos com o valor agregado e com a proficiência bruta.

Banca examinadora:
Dra. Maria Salet Ferreira Novellino (Ence/IBGE) – Orientadora
Dra. Denise Britz do Nascimento Silva (Ence/IBGE) - Coorientadora
Dra. Alinne de Carvalho Veiga (Ence/IBGE)
Dra. Danielle Carusi Machado (UFF)

Coordenação de Pós-Graduação
CESAR MARQUES

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro