logotipo ence

 

Processo Seletivo 2023.
Processo Seletivo 2022.
Evento.
Dia do Estatístico.
Recomendações.
Seloge.
Livro 20 anos PPG
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
SAS
01/10 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
ungp brazil hub logo md
 
 
ico rbe.fw
 
 

Apresentação de Monografia da Graduação de Luiz Felipe Campos Gobbo e Rodrigo da Costa Avello

ESCOLA NACIONAL DE CIÊNCIAS ESTATÍSTICAS

Graduação em Estatística

Apresentação de Monografia

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a defesa de Monografia da Graduação intitulada: INFLUÊNCIA DA TORCIDA EM PARTIDAS DE FUTEBOL: UMA ANÁLISE DOS PERÍODOS PRÉ E DURANTE A PANDEMIA NO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE A”

Alunos: Luiz Felipe Campos Gobbo e Rodrigo da Costa Avello

Orientador: Gustavo Henrique Mitraud Assis Rocha (ENCE/IBGE)

Data: 28 de julho de 2022 – Quinta-feira

Horário: 20h30m

Local: Rua André Cavalcanti, 106, sala 204 ENCE

Resumo da Monografia: No futebol, a presença ou não da torcida pode influenciar no comportamento dos jogadores e árbitros, e consequentemente no resultado da partida. Neste trabalho, foi feita uma análise exploratória das estatísticas dos jogos com torcida, período pré pandemia, e sem torcida, com jogos que ocorreram durante a pandemia. Com isto, conseguiu-se comparar jogos que não obtiveram público algum e jogos com torcida. Realizou-se teste qui-quadrados no número de cartões e faltas, para verificar se há evidências na diferença de comportamento dos atletas e árbitros. Verificou-se também, o agrupamento de clubes que obtiveram comportamento similar, para efeito de análise e comparação, utilizando variáveis como valor da equipe, público, XGf e idade média dos jogadores. Posteriormente avaliou-se as principais variáveis que influenciam em uma partida de futebol, utilizando modelo de regressão logística e regressão logística multinomial, com a intenção de verificar se existe vantagem para os mandantes das partidas com a presença de público. Além disso, interpretou-se os coeficientes das covariáveis do modelo regressivo em termos de razão de chances. Foram estudados dezesseis clubes da série A do campeonato brasileiro, para as temporadas dos anos de 2019 e 2020, resultando em 480 partidas avaliadas. O fator torcida não apresentou um impacto significativo para o resultado da partida, contudo como a base estudada é pequena, pode ter influenciado na modelagem utilizada.

Palavras-chave: Fator casa, regressão logística multinomial, cluster, teste qui-quadrado.

Banca examinadora:

Gustavo Henrique Mitraud Assis Rocha (ENCE/IBGE) Orientador

Gustavo da Silva Ferreira (ENCE/IBGE)

Coordenação de Graduação

Gustavo da Silva Ferreira

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro