logotipo ence

 

Processo Seletivo 2022.
Evento.
Dia do Estatístico.
Recomendações.
Seloge.
Processo Seletivo 2022.
Livro 20 anos PPG
Núcleo ENCE Covid-19
Agenda de Eventos Externos
SAS
01/10 
start stop bwd fwd

 
 
 
atividades
 
 
ungp brazil hub logo md
 
 
ico rbe.fw
 
 

Defesa de Tese de Sâmela Batista Arantes

ESCOLA NACIONAL DE CIÊNCIAS ESTATÍSTICAS

Pós-Graduação em População, Território e Estatísticas Públicas

 Defesa de Tese de Doutorado

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a Defesa de Tese de Doutorado intitulada: “Controle Estatístico de Confidencialidade em tabelas de pesquisas econômicas”

Aluna: Sâmela Batista Arantes

Data: 23 de Fevereiro de 2022 – Quarta-Feira

Horário: 09h00m

Local: Por VideoconferênciaA

Resumo Tese: Na sociedade atual, o volume e a diversidade de dados disponíveis diariamente, através dos mais variados meios, são cada vez maiores. Parte desses dados são divulgados por órgãos públicos como, por exemplo, os institutos de estatística. No que concerne aos dados divulgados por tais institutos, a questão da confidencialidade é de suma importância. Mais especificamente, a proteção de informações confidenciais, ao divulgar resultados de pesquisas, consiste em uma etapa importante e que garante a credibilidade dos Institutos e, consequentemente, a qualidade dos resultados divulgados. No entanto, ao proteger tais informações, busca-se o equilíbrio entre dois objetivos, a saber: minimizar o risco de revelação e maximizar a utilidade das informações divulgadas ou equivalentemente minimizar a perda de informação. Atender satisfatoriamente os dois objetivos não é uma tarefa simples, sendo necessário recorrer ao uso de métodos de Controle Estatístico de Confidencialidade (CEC). Estes métodos são aplicados, por exemplo, para a proteção de informações divulgadas em forma de tabelas. Neste contexto, essa tese traz uma proposta de uma nova abordagem de CEC para tabelas de pesquisas econômicas. A proposta engloba a análise de cenário de revelação, a avaliação do risco de revelação, a proteção das informações confidenciais mediante métodos de supressão de células e avaliação da perda de informação. Adicionalmente, um algoritmo heurístico foi desenvolvido para uma das etapas de supressão, representando uma contribuição metodológica para a resolução do problema da supressão secundária. Nas análises foram utilizados dados reais e sintéticos, sendo que os dados reais se referem a tabelas da Pesquisa Industrial de Inovação Tecnológica – PINTEC do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Os resultados obtidos a partir de tais análises indicam que a abordagem proposta consiste em uma apropriada alternativa para o CEC em tabelas.

Palavras-chave: controle estatístico de confidencialidade, tabelas, pesquisas econômicas.

Banca examinadora:

Dra. Maysa Sacramento de Magalhães (ENCE/IBGE) - Orientadora

Dr. José André de Moura Brito (ENCE/IBGE) - Coorientador

Dr. Gustavo da Silva Ferreira (ENCE/IBGE)

Dr. Maurício Teixeira Leite de Vasconcellos (ENCE/IBGE)

Dr. Alessandro de Orlando Maia Pinheiro (COSEC/IBGE)

Dr. Marcel de Toledo Vieira (UFJF)

Dra. Thaís Paiva Galletti (UFMG)

Coordenação de Pós-Graduação 

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro